A primeira viagem a gente nunca esquece!

Eis que depois de um ano e dois meses, tomei coragem de viajar com a Alice. Nem o blog Viajando com Pimpolhos, que é MARAVILHOSO, conseguia me fazer mudar de ideia. Sei de gente que vai para a praia com bebezinhos de um mês de vida, que faz viagens internacionais com crianças que nem completaram um ano, mas cada um tem seu tempo. E o nosso foi só agora. Sabem quais eram os meus medos:

*Due ela ficasse reinando na cadeirinha durante a viagem – não aconteceu. Tanto na ida quanto na volta a guria foi relaxando, curtindo a viagem e escutando música. Levei brinquedinhos, bolachinhas, aguinha, papelzinho higiênico…tudo balelinha, porque não precisamos de NADA. Graças a Deus!

*De ter que levar muita coisa – em se tratando de bagagem, sou cool. Jogo meia dúzia de trapinhos em uma mochila e tá feita a festa. Já passei um final de semana em Londres com uma bolsa de dia-a-dia contendo duas camisetas e duas calcinhas. Imaginem como eu fiquei perdida na hora de fazer a mala da Alice. O que eu fiz? Diquei 3485-MAMAE e pedi para a vovó da Alice me ajudar. Foi MARA e a minha mãe colocou dentro das malas (duas só para a pequena) tudo o que poderíamos precisar: roupa de frio (tava um GEELO), de calor, toalhas, meias, paninhos, brinquedos, etc etc etc…e pra mim? Uma sacola pequenina, bien sur.

*De que ela fosse estranhar a cama, o ambiente, sei lá – NADA. Os bebês são super adaptáveis. Eu que tinha esse medo bobo na cabeça. Affffffe!!!!! rsrsrrsrsrs Mais alguém aí é assim?

* De que ela não entrasse no que eu chamo de “fuso-horário” da praia – aquela coisa…acorda as dez horas, almoça as três da tarde, cafezão de tardezinha, janta/não janta, barulho até tarde….por mais que eu tenha levado papinhas congeladas e da Nestlé e comprado frutas e iogurte para dar na hora certa eu ficava com um medinho. Não sei de quê! rsrssrsrsrsrs Mas novamente a minha pitoca deu um show de flexibilidade e no último dia tava comendo churrasco tardão com a gente!

 

Boba eu, né? Mas assim foi bom, eu respeitei o meu ritmo e só viajei com a minha filha quando EU SENTI SEGURANÇA. Passei toda essa segurança pra ela e a estreia foi nota DEZ!!!!!!! E é assim que tem que ser. Só devemos ir adiante naquilo que nos sentimos confortáveis e seguras. E agora que venham outras viagens!

 

Anúncios

8 Responses to “A primeira viagem a gente nunca esquece!”


  1. 1 Andrea Nunes 2010/11/16 às 23:57

    E meu marido que me convenceu a ir pra rivera com a pequena de dois meses pra rivera. MEDO!

    Vamos daqui duas semanas e só peço que ela fique calma na cadeirinha, o resto acho que da pra tirar de letra.

    beijoca

    • 2 Magali 2010/11/17 às 9:19

      Jura Andrea?
      Nós duas somos viciadas em Rivera, né? Ô coisa séria…
      Quando a Alice era bebezinha eu fui, mas deixei ela com a minha mãe. Sábado vou de novo e ela vai ficar aqui em Viamão, não vou levar. Mas é porque eu fico rodopiando o dia todo por lá, fico maluca.
      Da próxima vez vou levar junto, acho que ela vai adorar!!!!

      Beijão

  2. 3 Sut-Mie 2010/11/17 às 10:40

    Ola,
    Gostei deste relato! Você tem toda a razão, cada um tem o seu tempo e melhor mesmo os pais estarem tranquilos e seguros para passarem isso para as crianças. Por outro lado, você viu também que tudo é bem menos complicado do que imaginamos e que os bebês e crianças se adaptam bem e nos surpreendem sempre!
    Que bom que você viu que isso tudo é possível, porque agora, eu senti que ninguém mais vai segurar vocês! Ai Mundão, nos aguarde!
    Bjs e obrigada pela menção carinhosa!
    Sut-Mie
    @viagempimpolhos

  3. 4 Thais 2010/11/17 às 12:00

    Oi Magali
    Também adorei o post. Estou me preparando para viajar com a Alice para Florianópolis semana que vem, espero que ela fique tranquila como a sua Alice.
    Beijão

  4. 5 Isabela Sady 2010/11/17 às 14:38

    Ai que medo…
    E a minha Nina que vai completar 2 meses sábado…rs
    Já estou pensando quais passeios farei com ela…rs e o medo de andar com ela de carro atrás sozinha…levarei minha mãe junto…rs

    beijos

  5. 6 Paula Tweedie (mãe do Santiago) 2010/11/17 às 15:23

    Magali, senti falta das fotos!!! Beijos

  6. 7 Marcela Macedo 2010/11/18 às 17:19

    Ai Magali, é aquela história de subestimar as meninas né?
    Já viajei algumas vezes com a Valentina… algumas vezes deu um certo trabalho (saudades do pai, teve até febre) em outras não (com o daddy junto né? rsrs). Mas da última vez q fomos p/ praia, nossa, tb foi super tranquilo. Adorei! Acho q a medida q vão ficando “mocinhas” passam a se adaptar melhor a tudo né?
    Bjus!

  7. 8 Paulinha Bogo 2010/11/19 às 20:08

    Oi Maga….
    A Alice é tudo de bom adoro ouvir as historias que tu conta sobre ela!Cada dia que passa ela está mais fofa e ficando uma mocinha uma super mini Diva!Adorooooo…Quero uma igual para mim!!!

    bjuuuu


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Twitter

Junte-se a 68 outros seguidores

PARCEIRO

Vou me Casar

%d blogueiros gostam disto: