Bisfenol do mal!!

Geeente! Recebi esse email do Tao do Consumo e assustei!!! Agora mais do que nunca só vou procurar mamadeiras e copinhos SEM BISFENOL para a Alice! E vou diminuir o consumo de coca zero (já que a latinha e a garrafa pet também tem) o máximo que eu conseguir. Falando nisso, o Sorteio do Cegonhas que acontece amanhã além das fraldas Bummis Baby tem uma mamadeira Dr. Browns BPA Free, viram? Já está todo mundo participando?

No Canadá, 91% da população está
contaminada pelo bisfenol-A

No estudo feito com 5,6 mil canadenses, jovens e crianças apresentaram maior nível
de contaminação

Um estudo do Ministério de Saúde do Canadá, apresentado essa semana, revelou que nove entre dez canadenses, o que corresponde 91% da população com idades entre 6 e 79 anos, têm bisfenol-A (BPA) na urina. O bisfenol é o químico usado na fabricação de plásticos e no revestimento interno de quase todas as latas de alimentos e bebidas. Sua ingestão, que ocorre a partir das embalagens, pode ser prejudicial para a saúde. Os perigos incluem alterações no desenvolvimento do sistema nervoso, hiperatividade e agressividade, obesidade, problemas cardíacos, diabetes, câncer, puberdade precoce e tardia, abortos, infertilidade e anormalidades
no fígado. Pesquisas também já associaram o BPA a problemas sexuais em homens, como a diminuição da qualidade e da quantidade de esperma. Os testes foram realizados com 5,6 mil canadenses.

Ainda de acordo com os resultados, jovens e crianças apresentaram maior taxa de
contaminação. As crianças com menos de 12 anos apresentaram níveis médios de 1.30 partes por bilhão (ppb) na urina, enquanto seus pais, adultos entre 40 e 59 anos, e seus avos, que tem 60 e 79 anos, apresentaram níveis de 1.04 e 0.90 ppb, respectivamente. A faixa etária mais preocupante da pesquisa está entre jovens de 12 a 19 anos, que apresentaram taxa de 1.50 ppb.

“Considerando a rapidez com que o BPA é eliminado pelo corpo e sua alta frequência de detecção esses dados sugerem que a exposição ao BPA é continua e afeta toda a população”, afirma o relatório divulgado na segunda feira. Tracey Bushnick, principal analista do Statistics Canada’s health analysis division, afimou que o estudo não determina porque os jovens e crianças do Canadá apresentaram maior de contaminação que os adultos, mas sugeriu que uma combinação de fatores pode estar ocorrendo. O bisfenol é frequentemente encontrado em latas de refrigerante, talheres, pratos e garrafas de plástico. “Crianças possuem uma fisiologia
diferente dos adultos. Por exemplo, como eles absorvem, distribuem, metabolizam e eliminam o BPA pode ser diferente”, disse Bushnik.

O relatório não discutiu o perigo do bisfenol porque o governo ainda não estabeleceu um nível máximo de consumo de BPA por habitante. O grupo American Chemistry Council, que recentemente fez um grande lobby para impedir que o bisfenol fosse listado como substancia tóxica no Canadá, se apressou em contestar os resultados. Por meio de um comunicado, a entidade afirma que o nível de BPA encontrado na urina dos canadenses é mil vezes inferior ao considerado seguro pela Agencia de Saúde do Canadá.

Já as entidades de defesa ao consumidor vêm os resultados de maneira diferente e dizem que eles ilustram porque a proibição ao BPA feita em 2008 em mamadeiras deve ser estendida a outros produtos. “Não importa que argumento a industria apresente hoje”, diz Rick Smith, diretor executivo da ONG Environmental Defence. “Não tem como eles justificarem a presença de um químico que afeta o funcionamento de hormônios em 9 entre 10 canadenses”, argumenta. No início da semana, o governo canadense anunciou que é muito provável que em novembro deste ano o bisfenol seja oficialmente declarado uma substancia toxica, o que
geraria uma reavaliação de sua utilização em vários produtos. Embora sua utilização em mamadeiras já tenha sido proibida no país, a denominação de substancia toxica ainda não está nas embalagens.

Notícia originalmente publicada no Calgary Herald e no jornal The Gazette, em 17 de agosto de
2010.

Anúncios

2 Responses to “Bisfenol do mal!!”


  1. 1 Maya 2010/08/19 às 14:01

    Do mal mesmo!!
    E a gente nem lembra dessas coisas. Bom saber enquanto estou nessa fase de preparação do enxoval.. vou prestar atenção em tudo oq comprar relacinado a alimentação da Julia!

  2. 2 Isabela Sady 2010/08/19 às 23:25

    Oi querida,

    Só escolhi mamadeiras da Avent ou Dr. Browns. A primeira é BPA free e a segunda é de vidro.
    Sábado é o chá da Nina e se ganhar as da Avent trocarei pela Dr. Browns.
    Parece que nas chupetas, esterilizadores, tira leite, etc…precisamos prestar atenção…

    beijão


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Twitter

Junte-se a 68 outros seguidores

PARCEIRO

Vou me Casar

%d blogueiros gostam disto: